Pagina inicial

Capa Revelada/Cover reveal: Pitch please (There’s No Crying in Baseball #1) by Lani Lynn Vale

Capa Revelada/Cover reveal
Pitch please (There’s No Crying in Baseball #1) by Lani Lynn Vale
Data de lançamento em inglês: 08/09/2017

Sinopse/Synopis 

Beisebol é vida, o resto é apenas detalhes.
Todo mundo que jogou o jogo já ouviu essas palavras uma vez ou duas. Mas Hancock tem ouvido ela toda a sua vida dos seus pais. Sua família já vivia e respirava beisebol antes mesmo de ele começou a jogar beisebol.
Hancock "Parts" Peters tem um nome que inspira sorrisos em muitas faces, mas no momento que essas faces  olham a primeira vez para ele, aqueles sorrisos somem.
Hancock é rude, sem filtro e não dá  a mínima quem ele ofende. Ele é o único homem no beisebol, que não se importa se ele obtém um endosso ou não. Ele está lá para jogar o jogo. Ele está lá para ganhar. Ele está lá porque o beisebol é a vida dele.
 As pessoas pensam que ele é um idiota.
E talvez ele seja. 
Mas se é assim ele tem que sair para fazer as pessoas deixam ele em paz para que ele possa jogar em paz, assim seja. 
Quanto menos gente, que ele tem que se preocupar sobre ofender, melhor.
 ***
Não deixe o medo de falhar segurar você .
Say Coffmam  não queria virar o barco. Ela estava lá para fazer o trabalho dela. 
Claro, ela era uma mulher em um mundo de homens. Sim, ela derrotou vários homens, para conseguir o emprego como treinadora atlética  para o time de beisebol profissional, The Texas Lumberjacks . E sim, ela agora recebeu mensagens de ódio desses homens.
Mas ela é boa no que faz, e ela ganhou a posição.
 No entanto, o que ela não é boa, é falar  com os homens. 
Os homens parecem ver seus quadris curvilíneos, seios grandes e coxas grossas e automaticamente achar que ela é incompetente. Porque certamente uma gorda não conseguiria ganhar o trabalho  de treinar alguns dos mais apto e atléticos homens do mundo,certo?
Errado.
Esta garota gorda conseguiu o emprego, e ela tem orgulho disso.
 O que mais ela conseguiu? A atenção do homem barbudo mais sexy que já teve o prazer de fixar seus olhos. 
Foi o suficiente para trazer-lhe até aos joelhos... na frente aquele homem, o jogador de beisebol quente e mal-humorado, Hancock Peters.

****

Baseball is life, the rest is just details.
Everyone who’s played the game has heard those words a time or two. But Hancock has heard them his entire life from his parents. His family has lived and breathed baseball even before he started little league.
Hancock “Parts” Peters has a name that inspires grins across many faces, but the moment those faces get their first look at him, those grins slide away.
Hancock is gruff, filterless, and doesn’t give a crap who he offends.  He is the only man in baseball who doesn’t care if he gets an endorsement or not. He’s there to play the game. He’s there to win. He’s there because baseball is his life.
People think he’s a jerk.
And maybe he is. But if that’s how he has to come off to get people to leave him the hell alone so he can play in peace, so be it. The less people he has to worry about offending, the better.
***
Don’t let the fear of striking out hold you back. 
Sway Coffman didn’t mean to rock the boat.  She was just there to do her job.
Sure, she was a woman in a man’s world. Yes, she beat out several of those men to get the job as head athletic trainer for the professional baseball team, The Texas Lumberjacks.  And yeah, she now got hate mail from those men.
But she’s good at her job, and she earned the position.
What she is not good at, however, is talking to men.
Men seem to see her curvy hips, large breasts and thick thighs and automatically think she is incompetent.  Because surely a fat girl couldn’t get the job treating some of the most fit and athletic men in the world, right?
Wrong.
This fat girl got the job, and she is proud of it.
What else did she get?
The attention of the sexiest bearded man she’d ever had the pleasure of laying eyes on.
It was enough to bring to her down to her knees…in front of that man, the hot and grumpy baseball player, Hancock Peters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário